Médico orienta sobre o uso da máscara

0

Apesar de frequentes e intensas campanhas de conscientização da Organização Mundial da Saúde (OMS) ainda tem gente que não usa máscara. As pessoas que teimam em circular em ambientes públicos sem a proteção e o distanciamento prejudicam a si e ao outro.

O médico curitibano Edward Kustra neste vídeo orienta sobre como nos proteger contra o coronavírus. Muitas tipos de máscaras podem ser utilizadas, no entanto, cada uma delas oferece diferentes níveis de proteção.

Edward Kustra fez uma pesquisa sobre a eficácia de alguns tecidos e confecciona para seu uso pessoal, ensina aos amigos como fazer e com a finalidade de estimular o uso em benefício da saúde pública. Aqui, passamos algumas dicas para quem gosta de fazer própria máscara e está preocupado com o outro e com a sua proteção:

Ferramentas
Grampeador
Tesoura (comprida)
Tesoura ou alicate forte
Caneta comum
Lapiseira 2.0
Perfurador de papel simples (modelo
alicate)
Super Bonder
Régua
Cartolina 01 folha
Arame duplo – plastificado – 2 metros
(floricultura)

Um ferro elétrico

 

 

Tecidos

Tecido-não-tecido TNT termo colante ( 2 metros), usado para confeccionar as camadas externas da máscara. Este tecido é mais duro.. segura os filtros e evita murche com o tempo.

 

 

Feltro (1 metro) usado para filtrar partículas de poeira potencialmente infectadas com o vírus e também absorver um pouco a umidade da respiração do usuário.

 

 

O filtro de Poliamida (Poly Protect de 1,0 metro) usado para reter as gotículas de água, secreções do nasofaringe e da saliva bucal, embutido com partículas de prata para combater o vírus. O tecido tem dupla função… reter a entrada de secreções e reter a saído das secreções do próprio
usuário.

 

 

 

 

 

Uma demonstração da eficácia do tecido Poly Protect reter a água comparado com papel toalha

Um rolo de malha elástica para confeccionar as alças

 

Os Moldes recortar de papel (Cartolina)
02 moldes masculino (externo grande, interno menor)
02 moldes feminino (externo grande, interno menor).

Recortar dois moldes ‘M #1’ de tecido TNT termocolante para as camadas externas da máscara. A letra ‘M’ significa molde masculino, #1 significa que é molde externo. Para identificar o lado certo, aquele que cola, basta colocar contra ao sol um lado do tecido é fosco, outro brilha. O lado que brilha contem cola. Um ponto marcado com lápis facilita identificar o lado que brilha.

O molde ‘M’ #2 (molde masculino menor) usado para confeccionar os filtros internos. Usar a caneta
para desenhar no feltro. O lápis não marca bem o desenho.

As quatro camadas da máscara: 1. Camada externa de TNT 2. Primeiro filtro : Poly Protect (repelente a água) 3. Segundo filtro : Feltro (absorve partículas de poeira e parcialmente a humidade da respiração) 4. Camada externa de TNT (em contato com o rosto)

 

 

 

 

 

 

 

 

Faremos o ‘sanduíche’ começando com a camada 4 (de baixo para cima)
O lado termo-colante (marcado com ponta de lápis) virado para cima.

Camada #3 de feltro alinhada com a camada externa #4. As bordas inferiores (em baixo) precisam
ser alinhadas com exatidão .

 

 

Camada #2 de ‘Poly Protect’ repelente as gotículas de água a borda inferior encaixa perfeitamente com as outras camadas. As 4 camadas da máscara. A camada #1 (TNT) fica com o lado com cola virada para dentro para colar
com a camada #4 nas laterais.

 

 

 

 

Na tábua de passar ferro: ficam visíveis as bordas mais escuras dos filtros internos comparado com as bordas laterais dos tecidos externos.

Agora, passar ferro nas bordas mais claras externas (contar até uns 8 segundos). Uma das laterais das camadas #1 e #4 está colado.

Inverter a máscara; repetir por lado de dentro para ter certeza que as camadas termocolantes
colaram bem.

Assim que devem ficar os laterais da máscara.

 

Observação: por enquanto não passar ferro na parte de cima.

Colocar arame (12cm) na bolsa de cima, 1,0 cm longe dos filtros e 0,5 cm da borda da máscara.

 

 

 

 

 

Passar ferro por cima para colar bem o arame entre os tecidos termo-colantes. Passar o lado do ferro de tal maneira para não permitir o arame invadir o espaço dos filtros.Repetir do lado verso.

 

 

 

 

 

O arame já está preso entre as camadas externas

Os filtros bloqueiam a passagem da luz

 

Virar a máscara para o lado mais escuro (#4) para cima. Demarcar com lápis a linha ‘guia’ para guiar o grampeador.

 

Só aquele lado é necessário demarcar

 

 

Alinhar bem todos os tecidos com calma !!
Qualquer falha no alinhamento dos tecidos prejudicará a vedação da máscara.

Grampear o 1º e o último grampo.Deixar o espaço de ~1,mm entre os grampos.

Deixar o espaço de ~1,0mm entre os grampos

 

Para virar a máscara de dentro pra fora, com o polegar da mão esquerda segurar firme o arame.

Com a mão direita empurrar o lado grampeado para dentro

 

 

 

 

 

O formato final da máscara com os filtros internos mais a vedação lateral

 

Confecção das alças Com a máscara dobrada dois pontos com o lápis á distancia de 3,0 cm um ponto do outro no meio entre a borda dos filtros e aborda externa da máscara.Usar perfurador simples de papel (modelo alicate) para fazer dois furos

Para não incomodar o queixo, tirar uma ‘lasquinha’ do tecido … se for necessário. Passar ferro de novo por cima da máscara

Preparar as alças com malha elástica Alça masculina: 28-29cm cada lado (média) Alça feminina: 26-28cm cada lado (média)

 

Com Super Bonder colar as pontas da ‘Ecomalha’ elástica

Pronto! Todas as dicas para uma super-máscara com quatro camadas de proteção. Sem muito trabalho e apenas um pouco de paciência e acertar nas medidas e na vedação.

Mãos à obra!.

Share.

About Author

Mari Weigert é jornalista com especialização em História da Arte pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná. Atuou na área de cultura como jornalista oficial do Governo do Paraná. Durante um ano participou das aulas de crítica de arte de Maria Letizia Proietti e Orieta Rossi, na Sapienza Università, em Roma. Acredita nas palavras bem ditas ou 'benditas', ou seja, bem escritas, que educam, que seduzem pelos significados, pela emoção ao informar sobre a arte da vida que se manifesta nas relações afetivas, na criação artística, nos lugares, na natureza e na energia do Universo.

Leave A Reply

dois × 4 =