Sabrina está vencendo etapas na Guarda-Mirim. Parabéns!

0

A meninada está crescendo a cada dia e mais conquistas são acrescentadas nessa longa caminhada de Lúcia Stall ao lado de seus afilhados. Quando me refiro a ‘meninada’ estou agora tratando da segunda geração, dos filhos dos afilhados.

Sabrina com uniforme da Guarda-Mirim

Sabrina Mariana da Silva Ribeiro, filha de Valdinei Felix Ribeiro e Josiane Alves, transformou-se num linda adolescente (15 anos) e entrou na Guarda-Mirim em 2022. A editoria do O Contrato parabeniza Sabrina, que ingressou na Guarda-Mirim a partir de um teste seleção no ano passado, pelo seu desempenho na escola e a vitória de ter passado para o segundo ano do Segundo Grau.

Lucia Stall, Sabrina, e a mãe Josy Alves.

A mãe, Josiane da Silva Alves (Josy) está orgulhosa pela conquista da filha, assim como seu irmão, Brenner Henrique da Silva Ribeiro que atualmente trabalha em uma borracharia da cidade. Todos da família são pessoas esforçadas e lutam para melhorar a qualidade vida deles. Brenner, atualmente com 18 anos, está temporariamente afastado dos estudos por questões particulares, mas a grande família de O Contrato coloca fé e está torcendo para que volte à escola, sobretudo Lucia Stall, que sempre o aconselhou e o incentivou a estudar. Vamos lá Brenner aproveite nossa torcida e vá em busca de seu futuro!

 

Guarda-Mirim

A escola foi fundada em 6 de setembro de 1963, a então denominada Casa do Menor Trabalhador e tinha cerca de 300 adolescentes vivendo estudando ali, em dois regimes: internato e semi-internato. Na época, os adolescentes eram distribuídos em três cursos: Formação e Aperfeiçoamento de Vigilantes Mirins, Engraxates e Lavadores de Carro e Formação Profissional para Menores de Campo Comprido.

Apenas em 1986, o Centro passou a atender adolescentes do sexo feminino. Outra curiosidade a respeito da unidade é que o nome “Guarda Mirim” não foi planejado. Ele foi adotado pelo costume da população de chamar os adolescentes de Guardas-Mirins, em função de, inicialmente, auxiliarem o Batalhão de Trânsito no controle do tráfego na região central de Curitiba.
Atualmente, a Instituição promove a inserção de adolescentes de ambos os sexos, no mundo do trabalho por meio do Programa de Aprendizagem, vinculados à Qualificação Profissional Básica ao Adolescente Aprendiz (QPB-AA) da Secretaria de Estado da Educação.

 

 

Share.

About Author

Mari Weigert é jornalista com especialização em História da Arte pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná. Atuou na área de cultura como jornalista oficial do Governo do Paraná. Durante um ano participou das aulas de crítica de arte de Maria Letizia Proietti e Orieta Rossi, na Sapienza Università, em Roma. Acredita nas palavras bem ditas ou 'benditas', ou seja, bem escritas, que educam, que seduzem pelos significados, pela emoção ao informar sobre a arte da vida que se manifesta nas relações afetivas, na criação artística, nos lugares, na natureza e na energia do Universo.

Leave A Reply

5 + 4 =